sábado, 22 de novembro de 2008

Não tenha Peçanha, venha, venha...

Com um panfleto tão sugestivo como chamariz: O homem dos mistérios de Deus e o mistério da carruagem de fogo (se colocar à venda um livro com um título destes arrisca-se a chegar rapidamente ao topo dos mais comprados), este nosso amigo missionário, o Ronildo, é mocinho para ressuscitar mortos (já conseguiu colocar 11 a respirar), já tem quase 800 paralíticos curados (embora, digamos nós, talvez não da paralisia, mas sim de constipações ou doenças incapacitantes do género), é capaz de revelar o oculto e o escondido (Constâncio, meu caro, o que esperas para o cativares para as tuas equipas de supervisão às instituições bancárias nacionais?), tira o câncer (leia-se cancro) com a mão (basta-lhe uma tesoura ou faca afiada na mão e pronto, o cancro já era... e com ele mais qualquer coisa, mas isso agora não interessa nada), consegue emagrecimentos instantâneos (certamente em pessoas que já eram magras), restaura a calvície (talvez com o recurso a perucas ou implantes capilares efectuados com a mesma tesoura ou faca com que, na outra mão, tira cancros) e faz baptismos com o Espírito Santo (mais uma razão para ir trabalhar no sector bancário).
E não se esqueça, traga-lhe os problemas insolúveis.
Se você não sabe o que fazer com eles, entregue-lhe os problemas.
Provavelmente ele também não saberá como resolvê-los, mas como você já os entregou a ele, agora o homem que se amanhe, não é verdade.
Ah, como eu adoro estes santos homens milagreiros dos dias que passam.
Hic Hic Hurra
PS - Se o negócio não estiver a correr bem, com estas qualidades todas há sempre a velha hipótese de se tornar um importante político em Portugal, não acham?

2 comentários:

Ana disse...

Seu Romildo é o super herói do séc. XXI.
O folheto, entretanto, não explica certos detalhes dos milagres.
Como, por exemplo:
Para onde despeja ele os cancros que tira com a mão? (se a ASAE exixtisse no Brasil, já sabíamos).

O emagrecimento instantâneo é feito com alguma máquina semelhante à das salsichas (em que se mete o porco dum lado e saem as salsichas do outro)?

Restaurar a calvície, para ser franca, não me parece lá grande coisa. Eu, se me dessem a escolher, preferia que me restaurassem o cabelo.

E o baptismo será só com o Espírito Santo, ou o Santander também pode participar?

Seja como for, somos levados a concluír que, sem um homem destes à mão, o Sócrates não se safa.

À sua!

y varisto disse...

Acho de mau gosto que esse tal Romildo venha fazer concorrência aos nossos faquires Manel Pinho e Mário Lino.
Mas, já que é assim tão hábil, talvez consiga fazer crescer de novo a barba ao Madaíl, despachar o Queirós para Moçambique e mostrar ao Ronaldo o vídeo que mostra como jogam o Káká e o Robinho.
E descobrir onde estão os milhões do BPN...